Alessandro Lobianco dispara “Pensei em tirar a própria vida”

“Pensei em tirar a própria vida” revela Alessandro Lobianco, colunista da Sônia Abrão após ser acusado de agressor!

A jornalista Fernanda Alves, registrou um boletim de ocorrência contra Alessandro Lobianco um dos integrantes do programa “A Tarde é Sua“, da RedeTV!.

Ela fez uma publicação em seu blog FeFala revelando alguns dados sobre o divórcio litigioso entre Lobianco e sua ex-mulher.

Fernanda Alves ( Reprodução Internet)

O colunista da Sônia Abrão não gostou nada das divulgações e segundo Fernanda, teria recebido ameaças de Lobianco. Imediatamente ela compareceu a uma delegacia na zona oeste de São Paulo e registrou um Boletim de Ocorrência contra o colega de profissão por ameaça, injúria e difamação. E anexou e-mails contendo as supostas ameaças que recebeu.

Alessandro Lobianco participou de uma live para o Canal Lisa, Leve e Solta da jornalista Lisa Gomes, que procurou saber o porquê de tantos desentendimentos com Fernanda Alves.

“Eu não tenho problema nenhum com ninguém, nunca tive. Meu primeiro desafeto com a Fernanda aconteceu de forma horrível porque eu tenho um processo com a mãe da minha filha, uma pessoa que eu vivi 12 anos da minha vida, foi um dos melhores relacionamentos que eu tive porque nasceu quem mais amo, que é minha vida, minha filhinha Valentina. Foi uma separação muito difícil, a gente teve muitas dificuldades pra conversar sobre as coisas da Valentina e superar a separação.  Eu tive uma briga pelo facebook com a mãe da minha filha sobre a educação dela e isso gerou um processo de injúria e aí a Fernanda Alves publicou uma matéria inicialmente falando que eu tinha sido condenado por agressão, em âmbito de violência doméstica, por crimes de ameaça, quando na verdade eram informações mentirosas, a sentença foi suspensa. Eu pedi um direito de resposta para ela e nesse direito de resposta eu falava dos erros que estava na matéria, ela consertou todos os erros que estavam na matéria, colocou informações certas, mas não colocou meu direito de resposta” diz.

Para Lobianco  a jornalista queria visibilidade, “Ela falou que não iria colocar o meu direito de resposta, me bloqueou, começou a gritar em tudo quanto era canto que estava sendo ameaçada por mim, fez um escarcéu e ali eu vi que tinha uma pessoa que queria ganhar mídia nas minhas costas”.

E continuou dizendo que começou a ser perseguido pela jornalista, “Comecei a ser atacado, pessoas me atacando, me chamando de racista. Tentaram fazer uma “escola base” com a minha vida. Fernanda começou a iniciar uma perseguição comigo, todos os dias. Formou-se um grupo de pessoas mentirosas que começaram a mandar áudios pra Sônia Abrão pedindo minha demissão, mandaram áudios para Redetv também, começaram a espalhar áudios na internet que identificamos que estava vindo de robôs, uma rede de ódio estava se formando”.

Alessandro Lobianco diz que teve que sair da sua casa e se abrigar na casa de familiares, “Eu comecei a receber ligações de dentro de presídios dizendo que vão me matar, tive que sair de onde estava morando, estou tentando lidar com essas ameaças. Chegaram a jogar pedras na porta do meu prédio e acabei entrando numa depressão profunda. Pensei em tirar a própria vida, teve uma hora que eu achei que isso não iria mais parar. Eu vi pessoas que eu gosto não falarem mais comigo. Eu vi fotógrafos que já me fotografaram e eu publiquei fotos com minha filha, me mandando notificação extrajudicial pedindo para apagar as fotos porque não queriam ter a foto deles atrelada a agressor. E eu entrei num estágio de depressão que eu me vi pensando que se eu tirasse minha própria vida as pessoas iriam acreditar em mim? Se não fosse minha filha eu teria feito uma burrada”  disse aos prantos.

Créditos: Divulgação

 

Assista a entrevista completa:

https://www.youtube.com/watch?v=MfGkIIKyDx4