MetrôRio lança campanha para Carnaval

Publicado por:

Categorias

Compartilhar

O MetrôRio, empresa do grupo Invepar, lança a campanha educativa para estimular o bom comportamento e as boas práticas dos clientes do metrô durante o carnaval. As peças da campanha abordam, de forma lúdica, temas como assédio, retenção de portas, lixo e uso de garrafas de vidros, além de outros exemplos de mau comportamento nas estações e nos trens. As ilustrações usam personagens ilustrativos, com uma linguagem jovem. As peças alertam contra ações que podem, inclusive, colocar em risco e prejudicar outros passageiros. A campanha foi batizada de “Unidos do Vagão”.

Carnaval - Metrô Rio
Foto: Divulgação MetrôRio

Vídeos e imagens estão sendo veiculados nas estações, nos trens, nas páginas oficiais das redes sociais e site. O MetrôRio também irá distribuir ventarolas com o tema da campanha durante a folia.

A concessionária estará a postos com agentes de segurança em todas as estações para prestar informações à população. A ação contará, ainda, com apoio da Polícia Militar, além de vigilância permanente durante a operação 24h nos cinco dias de Carnaval. As medidas possuem objetivo de coibir atos de vandalismo nas estações e no interior dos trens durante os dias de folia. Comportamentos que acabam afetando a rotina de todos os passageiros, tendo em vista que trens avariados precisam ser retirados de serviço para conserto.

O MetrôRio recomenda que os clientes relatem qualquer tipo de anormalidade aos agentes de segurança, que darão todo suporte necessário para o denunciante registrar a ocorrência junto à autoridade policial.  A concessionária, ao flagrar a ação, pode acionar os órgãos competentes, tendo em vista a prática de infração.

Carnaval - Metrô Rio
Foto: Divulgação MetrôRio

Atos de vandalismo

Em 2018 foram registrados 37 atos de vandalismo nas estações ou estruturas no carnaval. Já no interior dos trens, foram registrados 96 atos de vandalismo. No ano de 2019, foram 16 registros, nas estações ou estruturas. Já nos trens, foram registrados 113 atos de vandalismo no ano passado. Nos últimos dois anos, os casos mais frequentes de danos ao patrimônio foram os furtos de equipamentos e cabos nas vias, além das pichações. Entre os equipamentos mais danificados nos trens estão vidros de janelas e portas, pára-brisas, tetos, bancos e extintores.

Durante o carnaval, algumas atitudes dos foliões podem prejudicar os usuários, tendo em vista que pode atrasar a viagem e provocar acidentes e a retirada de trens de funcionamento para conserto das avarias. Recentemente, foi registrado durante o retorno do público do evento de abertura do carnaval no Rio de Janeiro atos de vandalismo nas estações e no interior dos trens, resultando na quebra de 2 validadores, de uma escada rolante, 7 vidros de janelas, 6 vidros de portas e 3 tetos.

As mais frequentes são a retenção das portas dos trens; o ato de urinar nas estações; o desrespeito aos assentos preferenciais, às mensagens de segurança e à atuação dos agentes; a ingestão de bebida alcoólica e o descarte irregular de lixo nas composições e estações.

Carnaval - Metrô Rio
Foto: Divulgação MetrôRio

Dicas de segurança para os passageiros durante o Carnaval

O MetrôRio está operando em esquema especial nos finais de semana até o dia 1º de março para atender ao público que está curtindo os eventos de pré, pós e carnaval. Além das ações de reforço no efetivo de segurança e de atendimento e alterações na operação, a colaboração dos clientes também é essencial para o sucesso e segurança da operação. Por isso, a concessionária elaborou uma série de dicas para orientar os usuários:

– Ficar atento às proibições de embarque (grandes volumes e veículos) e nos dias de folia. Em especial, não transportar ou utilizar garrafas de vidro, pois o descarte irregular pode provocar acidentes graves;

– Não sentar no chão da composição ou travar o fechamento das portas. Isso pode atrasar a viagem e provocar acidentes;

– Não ultrapassar a faixa de segurança devido ao risco;

– A gentileza não pode ser esquecida nos dias de folia, portanto devem-se respeitar os assentos preferenciais e ajudar pessoas com deficiência ou necessidades especiais ou acionar apoio das equipes de segurança;

– Não depredar ou vandalizar as composições e estações. Além de ser crime de dano ao patrimônio, atrasa a viagem e pode prejudicar a operação. Em caso de flagrante, denuncie às equipes de segurança;

– Não descarte lixo no interior dos trens, nas dependências das estações e principalmente nas plataformas, pois pode prejudicar a operação;

– Ter paciência ao embarcar e desembarcar e seguir as orientações dos operadores de fluxo. A pressa pode gerar tumulto e prejudicar ainda mais a mobilidade.

Compartilhar