Tatá Werneck recebe Selton Mello no Lady Night

O ator e diretor comenta sua participação no programa
Selton Mello e Tatá Werneck – Foto: Globo/ Juliana Coutinho

Ator, dublador, apresentador, roteirista, diretor e capricorniano. É assim que Tatá Werneck convida Selton Mello para entrar no palco do Lady Night no programa desta quinta-feira (11). A apresentadora inicia o papo comentando sobre os 40 anos de carreira de Selton, que estreou na televisão ainda criança. “Foi aqui nos Estúdios Globo que eu, moleque, comecei”, ele lembra.

Durante a entrevista divertida e descontraída, Tatá perguntou sobre a volta de Selton para as novelas, seus diversos trabalhos na televisão e no cinema, além de sua atuação como dublador. Selton destacou alguns personagens importantes de sua trajetória e participou das brincadeiras sugeridas pela apresentadora.

‘Lady Night’ vai ao ar na Globo nas noites de quinta-feira, logo após o ‘Mestre do Sabor’. O programa tem a direção de Lilian Amarante.

Entrevista com Selton Mello

Selton Mello - Foto: Divulgação
Selton Mello – Foto: Divulgação

O que mais surpreendeu você durante a participação no Lady Night?

Caramba! Não sei responder, porque a Tatá é muito surpreendente. A gente nunca sabe o que esperar, mas é sempre muito bom encontrá-la, ali ou na vida. Se fosse um programa normal é que me surpreenderia.

Qual a principal qualidade do programa?

Eu acho que a Tatá é tão delirante e tão brilhante em seu raciocínio ligeiro que ela deixa todo mundo atordoado. E com isso, ela acaba extraindo dos convidados coisas diferentes, que normalmente não falamos, normalmente não mostramos um outro lado, que todos têm. E eu acho que isso acontece exatamente por esse estilo dela. Ela dita o tom e o tom que ela dita é delirante. Então, fica um programa muito único.

Como foi participar da entrevista?

Ali no Lady Night não é bem uma entrevista, é uma conversa doida, com uma pessoa engraçada, inteligente, ligeira. Acho que esse é o barato. Ela se diverte, o convidado se diverte e o público se diverte. O Lady Night é uma coisa rara.

Como está enfrentando esse período de isolamento?

Eu estou realmente isolado há mais de 70 dias. Mas como sou normalmente muito caseiro, não está muito diferente do meu cotidiano. Sinto falta de encontrar pessoas da família, amigos mais próximos. Estou vivendo dia a dia. Há dias terríveis, de muita angustia, como também dias produtivos, interessantes. Mas eu não me forço a nada: se eu estou com vontade de ler, eu leio; se estou com vontade de malhar, eu malho; se eu estou com vontade de comer um bolo terça-feira ao meio-dia, eu como; se eu quero tomar um vinho em plena quarta-feira, eu tomo. A vida já está batendo muito na gente. Então, que a gente não bata na gente.

Gostaria de comentar algo que não foi perguntado?
Eu acho que estamos vivendo um momento difícil, de muita tensão. Acho que as pessoas devem se cuidar, não devem se cobrar tanto, manter uma certa distância das redes sociais, porque é um lugar gerador de ansiedade. Você olha uma casa incrível e você não tem aquela casa, você vê uma pessoa malhando e não está com disposição… E isso gera ansiedade. Eu tenho uma disciplina de usar nos finais de semana. E tento, no meu Instagram (@seltonmello), fazer algo parecido com o Lady Night, que é levar humor como uma forma de afeto. Afetando as pessoas positivamente. Eu recebo muitas mensagens de pessoas agradecendo as coisas leves que eu posto, porque é uma forma de acalmar o coração. Eu costumo chamar de respiros, alívios e estamos precisando muito, pois a vida está dureza. Vamos tentar espalhar beleza, leveza e bons pensamentos. Esse é o recado: vai passar.